Início » Aplicativos » 5 aplicativos para aprender Inglês – os melhores e mais fáceis

5 aplicativos para aprender Inglês – os melhores e mais fáceis

Em um mundo cada vez mais globalizado, onde até mesmo a compra de um par de meias pode ser feito de outro lugar do planeta, os idiomas não ficam de fora.

Sendo uma prioridade para muitos desde muito cedo, aprender uma nova língua virou parte obrigatória da formação, abrindo portas profissionais e ampliando a quantidade de conteúdos aos quais é possível ter acesso.

Ainda hoje, o Inglês é o idioma mais falado no mundo inteiro, dentro e fora de empresas, escolas, e claro, em toda a internet. Essa última, inclusive, foi responsável de certa forma pela democratização ao ensino de línguas, permitindo que milhões de pessoas aprendessem a ler, escrever e falar Inglês de maneira gratuita, através de chats, jogos e mais recentemente, os aplicativos.

Disponíveis gratuitamente – com alguns ”bônus” pagos, eles podem ser instalados no seu smartphone e tablet, permitindo que você estude em qualquer lugar. Isso pode ser considerado como uma verdadeira revolução na educação de idiomas, que passa a independer de escolas físicas e até mesmo de professores.

Aqui, vamos te apresentar cinco aplicativos onde é possível aprender Inglês, o que cada um oferece de diferencial e algumas dicas de como otimizar seu aprendizado. Vamos lá? 

Duolingo

O mais popular entre todos os aplicativos de ensino e aprendizado de idiomas, o Duolingo está disponível gratuitamente para iOS e Android. 

Permitindo que os usuários possam aprender em diferentes níveis, do mais básico ao fluente, a plataforma oferece uma interface intuitiva, com lições que conseguem abranger diferentes tipos de aprendizagem (visual, auditiva e escrita). 

Tal sucesso pode ser explicado porque o aplicativo funciona como se fosse um jogo. O usuário tem metas a serem cumpridas, e vai desbloqueando novos níveis de acordo com seu desempenho de aprendizado. 

A metodologia utilizada pelo app tem dado certo, e em todos os anos de existência ele continua sendo um dos mais relevantes para quem quer aprender Inglês de um jeito mais autônomo, porém não menos divertido. 

Hello Talk

Nos primórdios da internet, as salas de bate-papo reinavam entre quem usava a rede para se comunicar. Sites como Omeegle conectavam pessoas aleatórias em chamadas de vídeo, onde de diferentes locais do mundo, era possível conhecer outras pessoas. 

Funcionando como uma videoconferência, o Hello Talk te coloca em contato com nativos da língua inglesa para te ensinarem a falar e escrever o idioma. 

Através de um filtro que permite conectar pessoas com gostos similares, você consegue aprender Inglês falando com um nativo que gosta das mesmas músicas, filmes e assuntos que você. 

Lingualeo

Para estudantes mais exigentes, ou que buscam aprender Inglês através de temas específicos, sem aquela enrolação clássica dos cursos de idiomas, o Lingualeo é o mais indicado. 

Com uma identidade visual bem fofa, comandada pelo Leo (o mascote leão), o app separa o vocabulário a ser treinado pelo usuário por temas e níveis adequados com o conhecimento prévio de cada um. 

É um dos apps que mais deixa livre o estudante para definir como vai aprender a língua, dando mais autonomia de acordo com a disponibilidade de cada um. 

Rosetta Stone 

Indicado para usuários mais avançados, o Rosetta Stone usa o próprio idioma para ensinar os estudantes. 

Utilizando uma metodologia de imersão, ou seja, mesmo no nível iniciante o aluno tem contato com palavras em Inglês, e usa seu raciocínio lógico, associação e dedução para absorver o conteúdo das aulas. 

Esse tipo de método é um dos mais eficientes, pois condiciona o cérebro a pensar no idioma que está sendo aprendido desde cedo. Dessa forma, o aluno ganha mais autonomia com o passar do tempo, pois usa seu próprio repertório cognitivo para construir as frases e exercitar o Inglês. 

Cambly

Outro aplicativo que usa a tecnologia das videochamadas para ensinar Inglês para seus usuários é o Cambly

Com uma rede de professores nativos de países como Austrália, Canada, EUA e Inglaterra, o usuário faz o download gratuito do aplicativo, se cadastra e tem acesso às aulas. 

Dentro da plataforma é possível agendar aulas com cada professor, bem como escolher o tipo de lição desejada: pronúncia, conversação, vocabulário, entre outras possibilidades. 

Agora que você conheceu alguns dos melhores aplicativos para aprender Inglês, de forma gratuita, não tem mais desculpa para não dar um upgrade na sua carreira, além de poder conversar com pessoas ao redor do mundo e não precisar traduzir aquela entrevista do seu artista favorito. 

 

Gilmar Penter
Fotógrafo, ator e comunicador. Na vida, é apaixonado pela arte e comunicação. Nas palavras, vê uma chance de mudar o mundo, mesmo que para isso tenha que vir até ele, afinal, passa muito mais tempo no mundo da lua.

Comente